Mitos: É necessário comer muita carne para aumentar a massa muscular?

Será que a ingestão de carnes é tão necessária para o aumento da massa muscular? Que outras soluções existem rumo ao mesmo objetivo? Fique por dentro da matéria.


É um erro muito comum dizer que é preciso ingerir muita carne, de preferência carnes vermelhas, para se ganhar massa muscular e ter energia. Essa ingestão em demasia só servirá para armazenar uma grande quantidade de gordura saturada.


Claro que para o desenvolvimento da massa muscular, uma boa ingestão proteica é fundamental, no entanto, se pretende uma hipertrofia com garantias de manter a sua percentagem de gordura baixa, deve procurar fontes de proteína com baixos teores de lípidos, especialmente os saturados.


Sabia que as carnes brancas e o peixe possuem a mesma quantidade de proteína do que as carnes vermelhas, mas muito menos gordura?


O peixe é mais facilmente digerido do que a carne e é uma fonte de proteínas de elevada qualidade, tendo um teor de lípidos mais reduzido. Além disso, as gorduras do peixe são mais saudáveis. O peixe gordo, como a sardinha, o salmão, o arenque, possui ómega 3, que traz muitos benefícios para a saúde. Para atrasar a digestão e absorção do peixe e sentir-se saciado durante mais tempo, pode optar por consumir nessa mesma refeição alimentos ricos em fibra, como os legumes verdes (brócolos, couve, espargos) ou a batata doce.


As proteínas vegetais são também ótimas opções, ricas em ferro e fibras, com baixos teores de lípidos saturados e ricas em proteína. São exemplos de proteínas vegetais as leguminosas como o feijão, o grão, as ervilhas e as lentilhas, por exemplo.